Como funciona o Seguro de Vida?

Falar de morte e invalidez é muito complicado, ninguém gosta de pensar no assunto. Apesar disso, quando imaginamos as consequências de uma morte na família, é comum pensarmos que alguém ficará sozinho e precisará de ajuda. Isso acontece porque geralmente temos relações de interdependência com nossos familiares: um filho depende do pai, um cônjuge depende da mulher ou do marido, uma mãe pode depender dos cuidados dos filhos e a ausência de uma dessas pessoas pode ser ainda pior quando não existe um apoio financeiro.
proteção com o seguro de vida
O seguro de Pessoas foi feito justamente para você que se preocupa com o bem-estar e tranquilidade financeira de seus familiares. Essa modalidade ainda pode cobrir acidentes pessoais, casos de doenças graves, despesas médico-hospitalares, diárias pagas quando afastado do trabalho ou próprio negócio ou mesmo pagamentos ou reembolso de despesas com funeral.

O custo depende das coberturas contratadas e do perfil do segurado. As seguradoras fazem um estudo desse perfil, considerando os riscos da pessoa vir a ter uma doença grave, ficar inválida ou morrer. Por exemplo, pode ser considerado no cálculo a idade do segurado, estado de saúde, atividade profissional etc. Outro fator que  influencia no preço do seguro é o “capital segurado”, ou seja, o valor que será pago caso aconteça algum imprevisto, sendo assim, o valor a ser pago pelo seguro, será composto em função de todos esses itens. 

Pela legislação brasileira, é obrigatória a participação do corretor na contratação de seguro. A profissão de corretor de seguros, criada pela Lei 4.594, de 29 de dezembro de 1964, exige exame de habilitação e registro na Susep - órgão que regulamenta o setor de seguros.
 
Esse profissional é investido de poderes de representação do segurado junto às seguradoras. Assim, ele é livre para intermediar apólices com qualquer Seguradora sem que haja vínculo empregatício com essa, prevalecendo a independência/autonomia da responsabilidade. 
 
Durante a contratação do seguro é de suma importância  que o segurado confira os dados informados/transmitidos à seguradora junto com seu corretor, pois possíveis falhas nas informações repassadas à cia. poderão acarretar problemas futuros, como o aumento do valor do prêmio e até mesmo a recusa de um sinistro.

PEÇA SUA PROTEÇÃO AGORA

VOLTAR